sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Setembro (em dezembro). Extender ou nao?

Ta tudo atrasado, ai , eu sei.
Nem acredito que meu ultimo post foi em agosto! E agora ja estamos em dezembro - tempo passou voando, comofaz?!?!
A vida aqui continua maravilhosa! Muitas viagens , muitas aventuras e muitas alegrias.
Pra compensar vou fazer 3 posts - cada um contando sobre cada mes que faltou! E no fim de dezembro faco outro pra falar de dezembro ( mas ja vou contar que tem meia na lareira com meu nome, acreditam? Meus hosts sao uns fofos, haha. )

Setembro:

Aaaaaai, pra falar de setembro tenho que contar do fim de agosto.
Tinha acabado de chegar das minhas ferias e Massachusetts inteira estava apavorada depois do terremoto que teve - que foi muuuito de leve, mas mesmo assim- , ai pra colocar na balanca , o jornal comecou a dizer que tinha um furacao se formando e que talvez fosse passar por aqui. Perguntei pros meus hostos e eles: naaaaahhhh, nao vai chegar aqui nao.
Bom, claro que chegou.
Ficamos em casa um tempao, eu estava apavorada. O vento rugia, balancava tudo. O governo declarou estado de calamidade. Minha casa ficou super inteira, gracas a Deus, mas caiu uma arvore no quintal da nossa vizinha e depois que o furacao passou dava pra ver algumas casas com arvore no meio e arvores nas cercas, no meio da rua... Ficamos sem luz por 5 dias, tive que dirigir pra Rhode Island, pra casa da mae do meu hosto pra tomar banho e dar banho no Alistair. Finalmente no dia 1 de setembro a luz voltou e a vida comecou a voltar ao normal. A verdade e' que em setembro nao fiz quase nada! Tinha acabado de voltar da Inglaterra, tava duuuuura, hahahahaha. E pra ajudar o trem aqui perto de casa parou de funcionar e pra ir pra Boston so dirigindo ate o metro (meia hora dirigindo)...
Ai junta tudo e' melhor ficar em casa e guardar dinheiro, ne. hahahaha. Fui muito ao cinema, fiz programas de gordinha (filme e pipoca, ahhaha.).
Um dos sabados fui a Boston, o parque estava incrivel, cheio de flores e cheio de sol.
Tambem fiz um curso de fim de semana MARAVILHOSO que me deu tres creditos e novas amizades e muita diversao ( pra quem quiser saber mais: http://www.nl.edu/aupair/boston.cfm)
Setembro foi o mes de fazer uma decisao muito importante: extender o programa ou nao?
E meus hostos pediram, e eu queria tanto, tanto dizer sim. Mas disse nao.
Meu hosto ate falou em pagar universidade pra mim aqui - so que ai quando eu iria estudar? Trabalhar o dia inteiro e estudar a noite toda? Depois de seis meses eu ia estar morta. Tem gente que conseguiria, mas eu infelizmente nao faco parte dessa minoria.
Depois de muitas muitas conversas e muitos : 'voce tem certeza?' o dia chegou, o dia em que minha host mom falou que ia ter uma entrevista com uma candidata pra au pair 2012.
Foi uma das noites mais tristes aqui pra mim. Minha host conversando com a candidata no escritorio e eu no meu quarto, chorando, chorando.
Ai, viu - penso nisso e vem lagrimas no meu olho agora. E' muito estranho.
Meninas, repito, e' MUITO estranho.
Saber que a menina que esta no skype pode ser a que vai vir tomar conta do 'meu' nenem, dormir na minha cama, usurpar o lugar que eu ocupo, que eu faco parte na vida dessa familia tao maravilhosa.
Uma unica vez eu falei pros meus hostos que eles conversarem com outras meninas era estranho e que eu estava triste e meu hosto disse: 'mas a decisao e' sua!'.
E e' mesmo, e isso e' o pior: saber que esse sofrimento todo esta acontecendo por sua causa, porque voce nao quis extender, porque voce escolheu ir embora. Nunca comentei com meus hostos que a cada vez que eles me mostravam uma menina nova eu ia pro banheiro cinco minutos depois e chorava cachoreiras.
Acabou que essa primeira menina foi dispensada na mesma semana, ingles ruim - mas outras vieram. O tempo passou e eu fui me acostumando com a ideia. Tem que ser, ne?
Eu nao falei com nenhuma delas antes do match, meus hostos quiseram escolher sem minha opiniao porque depois se desse algum problema eles nao poderiam falar: ai, a gente escolheu essa porque a Maira queria. E suporto a opiniao deles , afinal nao vou estar aqui pra ver, ne?
Tem uma historia engracada: quando estavamos conversando sobre como a menina nova tinha que ser , meu hosto falou que 'ela tem que ser ...' (ai parou um tempo e ficou pensando) ... - depois de um tempo ele nao encontrou a palavra entao ele soltou- ... 'MairaISH!'
hahaha , tipo como dizendo : que nem a Maira.
Ta, escrevendo nem tem graca, mas na hora foi engracado.

No ultimo fim de semana de setembro fizemos uma viagem em familia pra New York , de trem - foi otimo!! Fomos ao Central Park Zoo, fui a Brooklyn Bridge ( LINDO ) , passei por mercados de pulga, antiquarios (adoro ver coisas antigas, haha.) , visitei alguns museus que queria ver - bati muita perna. Varias lojas ja estavam em clima de Halloween!

Algumas fotocas so pra nao deixar passar batido, e um beijo enorme!! :)




Um comentário:

  1. owwwwwwn deu até tristeza ler a part que vc descreve como se sentiu. Imagino que seja terrível mesmo deixar o bebê que você viu crescer para outra menina. Eu tinha certeza de que você ia extender =S Mas olha, independente da sua decisão, você sabe que cumpriu sua missão aí, que você é guerreira e as experiências que você viveu vão ficar para sempre com você.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget