terça-feira, 16 de outubro de 2012

Olá, amor. Que bom voltar pra você e poder te ver.

E aí que entrei num avião, e aí que senti a alma suspirar, e aí que meu coração começou a bater mais forte.
E aí que aterrissei em Boston e não pude conter sorrisos e mais sorrisos.
E aí que senti o cheiro da cidade, e aí que entrei no metrô e aí eu saltei e vi o parque lindo na minha frente.
E aí que abraçei o Whit e a gente almoçou japonês, e aí que abraçei a Anne e ela me levou pra ver o Alistair.

E aí que eu vi o Alistair.
E aí que o mundo parou.

O mundo parou e tudo que eu pude fazer foi olhar pra ele. Que grande, que lindo, que saudável, que crescido. Meu neném, meu menino, meu coisa linda, minha alegria.
30 segundos, um minuto, 1 hora, 60 dias - de verdade, não sei por quanto tempo a gente ficou se olhando.
Acho que o que estava passando pela cabeça dele é o que estava passando pela minha:
É verdade isso? É um sonho ou é real? Você está aqui, tão pertinho de mim, tão na minha frente que eu posso te tocar. É possível, não acredito!
E aí eu finalmente tive forças e falei: Hello, sweetie, Hello Alistair.
E ele com uma vozinha ainda descrente falou bem baixinho: Hi Iya.
E aí a gente ficou nisso: Hello Alistair, hello Iya.
Até que eu e ele tivemos certeza de que sim, somos reais e e de fato estamos na frente um do outro.
E aí eu puxei ele pra um abraço, senti o cheirinho de nuca de bebê que ele ainda tem, fechei meus olhos só por um instante.
Alguém sabe o que é ternura? Aquele abraço depois de tanto tempo foi um momento completo de ternura, de alma sorrindo, de realização, de alegria.
E tem sido assim desde então, eu feliz.
7 dias dos 20 já passaram (voaram!) e eu hoje parto pra 9 dias de aventura em Burlington,VT, NYC e pela primeira vez vou experimentar couch surfing em Boston, por duas noites.
É isso, estou feliz e com certeza isso aqui continua sendo meu lar e o lugar onde meu coração se torna leve e profundamente contente.

Um milhão de beijocas!!!!


Maira.




5 comentários:

  1. Ai Maira que post LINDO!!! Eu me senti exatamente assim quando voltei a Boston pra visitar minha host family. Meu sentimento chegando a cidade, o clima, o ar, o cheiro, o barulho tudo... nossa foi uma emocao absurda. E olha que eu levei muito mais tempo pra voltar. Depois de 7 anos que eu consegui ir. Passei duas semanas maravilhosas revendo amigos, minha host family, os meus lugares favoritos... e nao deu tempo de ver tudo nem todos. Mas um dia eu volto de novo, se Deus quiser. Realmente, quem ja morou na regiao de Boston e arredores guarda aquela regiao no coracao. Que bom que voce esta podendo voltar e aproveitar tudo novamente. Agora com uma visao diferente. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Q lindo!!!!!!!!!!! Ai!!! Agora me deu foi saudades de ver os meus pimpolhos tb!!! =/

    ResponderExcluir
  3. que delícia achar um blog bem escrito!

    ResponderExcluir
  4. Oun,que coisa linda Mayra.
    Quanto amor.
    Aproveite seus dias aqui, divirta-se e continue escrevendo porque amo ler os seus posts.

    ResponderExcluir
  5. Que linda o laço q vc criou com eles , sempre acompanhei seus posts , tenho certeza q vc foi a melhor au pair deles e esse menino te ama gente ,,, q lindo :*

    pam.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget