terça-feira, 17 de abril de 2012

Bye bye , Baby Sweetheart - O fim da minha saga como Au Pair.




Não acredito que enfim estamos aqui. Nao acredito que eu estou enfim colocando em palavras meus ultimos quatro dias em Massachusetts.
Cheguei da California bem cansada , no sábado dia quatro de fevereiro. O Whit foi me pegar no aeroporto e ele me disse: Bem vinda ao lar! (Welcome home).
Achei trágico e reconfortante ao mesmo tempo. Trágico por que só teria mais quatro dias nessa terrinha, mas reconfortante porque graças a boa sorte do destino posso chamar a casa deles de casa, de lar. Nós paramos pra almoçar , foi minha última vez no Panera Bread. A sopa deles é tao boa.
Cheguei em casa e estava morrendo de saudade do Alistair. Agora voce imagina o meu impasse , matar a saudade que duas semanas trouxeram pra logo ter que me despedir de novo. Amanda estava lá, fiquei contente porque ela e o TT estavam se dando bem.
A noite saímos pra jantar, só Anne, Whit e eu. Amanda ficou cuidando do TT e a gente foi.
Fomos no meu restaurante favorito, o Sushi Joy. Foi gostoso demais estar só com eles, a gente conversou , riu e comeu. A gente pediu um barco taaaao grande que nossa! E acabou que meu host tinha passado mal enquanto eu estava na California então ele nao estava com muito apetite , o que resultou em minha hosta e eu comendo o mundo de sashimi! No fim da noite pra finalizar tentamos entrar no carro errado (HAHAHAAHAH!) e minha hosta e eu com frio dando pulinhos pelo caminho pra aquecer foi impagável. Ah, foi tão bom!
Domingo veio e eu fui pra Boston, pra me despedir de duas amigas que foram fundamentais pro meu ano ser assim , inesquecivel: a Anna e a Joanna. Fui pra casa da Joanna , assistir ao Super Bowl , bater papo, dormir la. A Anna passou la pra bater papo tambem e a hora que ela teve que ir embora nao foi nada fácil. Olha, o aperto no peito é horrivel , começei a pensar em toda a trajetória , todos os momentos dessa doce e incrível aventura.
A sorte é que ela é do Brasil, então se tudo acontecer conforme o planejado ainda em 2012 a gente se ve.
Agora, no dia seguinte, ao me despedir da Joanna nao havia essa segurança então eu desabei.Entreguei minha cartinha de despedida pra ela e ela entregou uma pra mim. Sabe quando o coraçao chora? Meu coraçao estava todo chorando naquela manha de segunda feira e o caminho até a estaçao de metro perto da casa dela nunca foi tao longo e tao frio. Esperança e planos de se ver de novo a gente sempre tem, mas nós duas sabemos que a Polonia é muito longe do Brasil... ficamos com o Skype nesse meio tempo.
Da casa dela eu fui ao consulado Geral do Brasil em Boston , pra tirar meu 'Certificado de Residencia'. Com ele eu nao iria precisar declarar nada do que comprei durante meu ano quando voltasse pro Brasil. (Nao passei pela Alfandega , valeu a pena!!!)
Voltei pra casa de trem , minha última ida a South Station , minha última viagem de trem de Commuter Rail. Faltando tao pouco pra ir embora , tudo passa a ser 'o Último', tudo que voce faz acaba tendo um gosto meio amargo de despedida.
Cheguei em casa , arrumei mais um pouco das minhas roupas, minhas malas ja estavam quase prontas. Aí me aprontei, Amanda se aprontou, Patty chegou pra ficar com o Alistair e ai a gente saiu pra Boston, encontrar meus hostos pra assistir a dois jogos de Hockey Universitário.
Olha, eu e Amanda nos divertimos muito , muito. No caminho a gente foi conversando, batendo papo, comendo Pringles, falando de séries. É bizarro como a gente se parece em alguns aspectos.
O primeiro jogo foi bem bom e a gente jantou por lá: cachorro quente americano, yum! Antes do segundo jogo comecar meus hostos foram pra casa e nós duas ficamos lá , torcendo e conversando mais.
A volta pra casa foi hilária , nós duas já meio com sono, cantando Glee a plenos pulmoes no metro e no carro. Ai como Au Pair se diverte! Tenho certeza que foi nesse dia que a gente finalmente se tornou amiga.
Terça feira veio com sabor de último dia em MA. 'Amanha a noite eu vou estar num avião, voltando. '
Acordei cedo e tirei o dia com o Alistair. Saímos pra almoçar com a avó dele, a Patty, mae do meu hosto. Ai, minha granny.Ela é uma pessoa incrível, divertida, cheia de vida, que saudade que eu vou ter! Depois que ela foi embora eu e Alistair fomos pra Derby Street , tomar Pinkberry é Frozen Iogurt e encontrar com a Sue e o filho dela Zander , que a gente conheceu na aula de bebes e que era nosso companheiro de aventuras.
Na volta de carro eu conversei com o Alistair , provavel que ele nao tenha entendido nada, mas só por via das dúvidas eu expliquei que aquele era meu último dia com ele, que amanha eu ia embora, que Í'll have to say bye bye to you, Sweetie'. Que a Amanda e a Mama e o Dada iam tomar conta dele e que eu amava ele muito, muito, que ele me fez muito feliz. Chegamos em casa e coloquei ele pra tirar uma nap , saí do quarto dele chorando. Mas sequei as lagrimas logo porque tinha que terminar de preparar o vídeo surpresa pros meus hostos!
A Amanda nao ia estar em casa a noite, entao quando meus hostos chegaram eu coloquei pra eles verem - é basicamente eu falando, agradecendo, cantando (pois é) e algumas fotos! Acho que eles gostaram! A gente jantou depois ( tá vendo, meu útimo jantar em MA...hahahahaha!).
Terminei de arrumar todas as minhas malas , assisti tv com meus hosts, chorei no sofá e depois dessa eu estava em frangalhos, fui dormir.
Quarta veio e eu já acordei chorando. Nem lembro direito o que eu fiz ou o que eu nao fiz. Lembro que dei uma volta de carrinho com o Alistair de manha e dei uma última boa olhada na 'minha' casa. Meus hostos nao foram trabalhar pra poder me levar no aeroporto a tarde. Coloquei minhas malas la em baixo, perto da porta , tomei suco de maça que eu gosto tanto , olhei pro Alistair e foi aí que comecei a chorar. Não acredito que acabou, que o Alistair tem outra AuPair agora, que PUF , a bolha do sonho encantado estourou.
Meu ano como Au Pair foi muito bom. Foi extraordinario. As oportunidades que eu tive, os amigos que fiz , a família que tive oportunidade de conhecer e fazer parte , tudo que fez parte desses incríveis 13 meses.
Ao sair pela porta eu deixei pra tras um 2011 que foi tudo pra mim. Pra mim e pra todos que acompanharam meu blog desde o comeco.
A ida até o aeroporto foi tensa. Promessas de voltar, promessas deles irem me visitar ... e a dor aumentando. Vi Boston tao linda na minha frente e me despedi.
Depois do check in eu só tinha que entrar no portao de embarque e aí era isso. Chorei , abracei meu hosto bem forte. Chorei mais, abracei minha hosta bem forte tambem. E entao peguei Alistair no colo. Ele nao estava nada feliz com aquela choradeira toda e queria correr pelo aeroporto. Ai, tao precioso, tao cheio de vida.
Aí, que patético, estou chorando de novo. É que tem certo valor simbólico recontar isso, sabe?
Entrei na fila pra segurança e andei olhando pra trás. Olhei os tres ali juntinhos , o Alistair acenando tcháu. E antes de entrar na salinha que me impedia de ve-los mais eu disse um último : bye bye,Baby. E aí virei de costas e só me resta a lembrança.
Eu ainda nao entendo como eu tive forcas pra passar pela segurança, pra andar até o meu portão. Mas no momento em que sentei pra esperar meu voo eu comecei a chorar tanto, minha alma estava tao triste que eu sentia vontade de vomitar. E como se o céu estivesse compartilhando da minha dor, começou a nevar, voces acreditam? Vinte minutos de doces floquinhos brancos caindo do lado de fora do aeroporto, eu vendo tudo pelas grandes janelas transparentes. Conforme a neve foi parando de cair, eu fui parando de chorar.

Agradeço por voces sempre estarem aqui e compartilharem minha história! Agradeco, a Deus, ao destino, ao que for... Tenho esperança e fé de que minha vida continue sendo maravilhosa e que eu possa valoriza-la todos os dias!
É isso, acabou minha saga de Au Pair. Claro que nao de todo, porque uma vez Au Pair , sempre Au Pair. ;)
Próximo post, minha volta ao Brasil.
Um beijo ENORME!

Vídeo final de Au Pair:

4 comentários:

  1. Liiiiiiindo post :) Que experiencia maravilhosa,essa.Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei seu post e o video!!! parabens!!!=D

    ResponderExcluir
  3. Maíra me indica pra sua famíliaa, também sou da CC.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi May - entao, por enquanto eles estao bem com a atual au pair deles, ela so vai embora em fevereiro do ano que vem (e se Deus quiser ela fica mais um ano, eu iria amar).
      Eu nao indiquei ninguem enquanto au pair deles e nem vou indicar depois de ter saido de la .. eu acho que como sao eles que vao morar com a pessoa , eles que tem que ter o feeling e escolher sozinhos. Mas se for o caso, se voce estiver on por setembro/outubro, é nessa epoca que eles comecariam a procurar se a outra menina nao for extender. Eles exigem como criterio minimo: ingles fluente (nivel 7 da CC) , pelo menos 2.000 horas com crianca , alguem muuito criativo e que goste de cantar e de dancar , ah! que dirija ok tambem.
      beijos e boa sorte!

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget